segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

De volta!!


Pois é , decidi voltar a escrever, já há algum tempo que não o fazia, mas hoje nem sei bem porquê decidi fazê-lo.
Faz hoje 11 meses que estou em recuperação... ás vezes acabo por me esquecer do inferno que era a minha vida antes desta nova fase começar.
Mais uma vez mudei de cidade, de escola e de vida, mas desta vez pelos motivos diferentes não para fugir á minha doença, mas devido á pessoa com quem hoje em dia divido a minha vida.
E até está a ser benéfico, mantin-me na zona onde fiz tratamento, e tem-me ajudado.
O facto de estar constantemente com adictos a drogas e frequentar as suas reunioes, acabo muitas vezes por passar ao lado do meu real problema, mas o importante é que me mantenho em recuperação.
Escolhi esta imagem hoje, mas pelos motivos contrarios, apesar de ser uma das principais caracteristicas da anorexia e bulimia, neste momento eu não penso assim, finalmente olho-me ao espelho e não vejo o que lá não está mas sim o que realmente lá está reflectido.
Sinto-me bem com o meu corpo neste momento, não obceco com a comida e já não me mete medo... Consigo comer de tudo e ter uma alimentaçao identica ás pessoas que nao sofrem deste problema.
É bom... é um alivio... tambem já não acho que a culpa de tudo o que acontece está no peso, sinceramente nem penso muito nisso...
Deixei de me pesar...ao tempo que não me peso, desde Janeiro pesei-me 2 vezes, até parece mentira... mas a realidade é que isso me faz sentir bem, já não sou mais dependente da maldita da balança.
E está a tudo a correr como deve ser, umas vezes melhor outras piores, mas nunca deitando tudo a perder.
Isso para mim é o essencial. È verdade que o programa de 12 passos me tem ajudado muito, mas penso que não são só princípios para quem tem problemas, mas sim para todos... ele ajuda-nos a sentir-nos mais livres.
Bem por hoje me despeço, apenas quero aqui deixar a meditação de hoje, pois penso que ajudam-nos sempre a reflectir e parar para pensar.

" Incrivel graça! Como é doce o som que salvou um infeliz como eu!
Eu estava perdido, mas agora encontrei-me,
Estava cego, mas agora eu vejo."
Jonh Newton

Nada poderá descrever o que muitos de nós em O.A. sentem com as palavras "Incrivel graça"
Para nós, contudo, a experiência não é religiosa mas espiritual.
Qualquer que seja a religião que acreditemos ou não, a recuperação espiritual é sentida como uma profunda mudança interior;uma dissolução das atitudes e opiniões que nos mantinham acorrentados a compulsão.
O despertar espiritual cura-nos da nossa própria cegueira sobre a verdade acerca de nós mesmos e da nossa condição.
Não temos mais que andar sozinhos e perdidos. Nós encontramo-nos.
Só por hoje: As pessoas que estiveram profundamente nas garras das doenças do comportamento alimentar que recuperarm é verdadeiramente prova da Incrível Graça.



2 comentários:

ex ana disse...

Parabéns pela coragem e pelo blogue.

Madame Faminta disse...

Muito legal a iniciativa! Nós precisamos ler sobre quem passou pelas mesmas coisas. um bjo